terça-feira, 15 de setembro de 2015

Chicago II A Revanche e a volta dos que sumiram!

Olaarrr tudo beimm
Gente, sei que abandonei. E abandonei mesmo esse canto, meu humilde canto. O que posso dizer é que intercâmbio e mais precisamente CsF é uma coisa de louco onde a gente vive coisas que nem imaginou viver, faz coisas que achou que nunca faria e...nao faz coisas que achou que faria!
Eu imaginei de verdade que postaria todos os detalhes do que tenho vivido, os mínimos detalhes, os risos, os choros, as surpresas, o que aprendi e venho aprendendo. Só que nào é assim na vida real, ao menos nao foi na minha.
Cá estou eu faltando mais 4 meses pra voltar pro Brasil e dessa vez vai sair um post sim! Pensei em escrever desde quando eu estava no Summer Internship em Chicago (que nada mais é que o estágio de verão). Mas só vai sair agora, de volta a Detroit mesmo...O que falar de Chicago...gente eu passei 3 meses, que valeram todo o meu intercâmbio,li de uma amiga daqui do CsF que o Summer Internship é um novo intercâmbio dentro do intercâmbio, e eu nao poderia concordar mais. Você mora em outra cidade, conhece outra galera, vive outra realidade e se questiona: será que eu teria sido mais feliz aqui ou lá? Você tem a chance de viver o intercâmbio de outra perspectiva e nao posso negar que voltar pra sua host university é sim frustrante. Ainda mais quando você viveu numa cidade com mais possibilidades e liberdade que a sua, quando você vive melhor, comeu melhor e o mais difícil: conheceu pessoas que te fizeram perceber que você talvez deixou de conhecer pessoas maravilhosas e se despedir delas foi o mais difícil. Posso dizer sem medo que a despedida dos amigos que fiz lá foi a parte mais difícil. Aprendi o peso de uma despedida de amigos do CsF lá. Conviver com amigos que eu  nao fiz exatamente lá, já eram desde o Brasil foi maravilhoso também. Poder  compartilhar lembranças, numa cidade que eu era apaixonada antes mesmo de conhecer, foi s-e-n-s-a-c-i-o-n-a-l (sim, essa foi pra voce roommate <3 ).
Chicago me proporcionou tanta coisa boa que eu nem sei por onde começar e são tantas fotos maravilhosas que eu não sei quais escolher.
Posso dizer sem medo que Chicago me causou mudanças, e daquelas que inquietam. Eu nem sei explicar exatamente onde mexeu, mas que tá mexido aqui dentro tá! E o mais importante: quando vc experimenta o paraíso fica difícil se contentar com o que nao lhe parece um.

UPDATE: Gente, ou eu escolhia algumas fotos e postava ou nao ia nunca, tinha 1 mes que esse post tava aguardando as fotos. Foram milhares, de um lugar que foi meu paraíso por 3 meses, é missão impossível para uma libriana escolher as melhores, essas não são nem a ponta do iceberg.



North Beach




Navy Pier






                                                             

                                                                                   Vista do Navy Pier


Thanks for every single fuckin day, Chitown!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Winter Break ou como foram minhas férias de fim de ano!

Oi gente...

    Se você ainda passa por aqui e claro, quer saber de mim...quero dizer que tô muito bem, muito mesmo. E os dias tristes ou chatos que porventura acontecem-afinal isso não é conto de fadas, nem programa de TV, são os mesmos problemas que teriamos, tá admito as vezes um pouco mais complicado. Mas que toda garota teria. E eu falo garota e não pessoa, porque é muito mais complicado lidar com mudança hormonal num intercâmbio, se você tem ansiedade crônica nem preciso dizer né? São tantos desafios, tantos quereres, tanta mudança. E ao mesmo tempo que assusta é bom!
      Detroit não é uma cidade dos sonhos. Não é Hollywood. Nem Hollywood é Hollywood dos filmes gente. Ainda não conheci mas foi o que ouvi de quem foi. Pra mim Detroit é a cidade que me acolheu, que estava no meu destino. Portanto, mesmo com toda coisa chata que tem aqui, como um transporte público bem mais precário que na minha Aracaju, mesmo sem a liberdade de poder pegar um ônibus e ir no cinema, na praia, no escambau...Aqui somos muito dependentes do outro, de ter quem leve, as coisas são longes e não é muito legal andar só,e nem barato. Portanto acho que o que mais me chateia é que a decisão de sair pra algum lugar não é só minha. Eu posso dizer que já sinto aquele amorzinho de quem muda de cidade mas já considera seu lar. Que fala mal sim, mas que quase magoa se alguém que não é daqui falar mal. Que engraçado isso gente...nem faz tanto tempo que to aqui. Ou faz né? 5 meses...pra alguns não é nada, para outros uma vida.
    Mas esse blablabla foi pra falar das minhas férias aqui, temos o tal winter break que são as férias pro fim de ano igual temos no Brasil. A grande maioria viaja, volta pra casa pra visitar a família ou pra outros lugares mesmo. Eu fui pra dois locais, sim...conheço gente que foi pra 10. E sabe, não me arrependi da minha escolha. Na verdade eu não tinha planejado nada com muito antecedência, fui deixando as coisas acontecerem. E os dois locais foram Kansas City e Miami.
Em Kansas fui visitar um amigo, lá foi onde fiquei mais tempo, tipo 15 dias...fiquei hospedada no dorm da uni delee gente, em KC tive tanta coisa:

  •  Tive Natal com Peru, strogonoff, rabanada, costela de porco, tudo ao som de Jesus Cristo do RC, cheio de brasileiro em volta. Nunca me senti tanto no Brasil.
  • Em contraste ao Natal meu Ano Novo foi bem diferente, nao foi na praia vendo o sol nascer, fomos numa ceia americana onde de brasileiro só tinhamos eu e meu amigo, o resto tudo americano. No começo deu medo quando vieram puxar papo comigo mas ó, até que me sai bem hein, a vontade era só mexer a cabeça e rir pra tudo!
  • Comi cuscuz gente, voces podem imaginar minha emoção? cafézinho, manteiga, cuscuz com carne, com frango, com vento, com saudade, com tudo!


Quero agora encher esse post de foto


1- Look com a bota que amo e mais elogiada do velho oeste(já tinha tirado a outra hahah)!
2-Frutas mais fotogênicas que já vi. Era uma maravilha poder acordar e fazer o meu iogurte de frutas vermelhas fresquinhas
3-Cerveja de baunilha: olha pensei que fosse péssima, bateu curiosidade afinal estou aqui é pra experimentar mesmo e...é bem gostosinha hein!
4-Detalhe do banheiro mais fofo e retrô que já vi, num restaurante italiano em Kansas City

Me despedindo de Miami, indo ao aeroporto







Looks em diferentes locais e climas, o primeiro é óbvio que é em Miami, quanto tempo que não sabia o que era um look praiano.
O segundo indo pra baladinha em KC e o último logo que cheguei do break, aqui em Detroit. Tá inclusive nevando na hora da foto, coloquei o casaco de volta assim que a foto foi tirada!



Luxando em Miami...precisa dizer mais?



Miami linda!





  1. Coisas fofas da minha loja predileta de trecos fofos hahah Five Bellow. Chaveiro do Drácula e o cão é um protetor labial na verdade 
  2. Boné fofo do Pikachu que tinha no Wallmart de Kansas. Não comprei por motivos óbvios de não ter onde usar.
  3. Mais coisas da Five Bellow, são ímãs fofos, sou apaixonada por eles e amo unicórnios e o grumpy cat porque né amo/sou.
  4. Eu queria uma bota assim meio coturno porque sou hardcore mesmo hahaha. Ah via algumas garotas usando e babava, mas a bota que é um modelo famoso da marca Dr, Martens é bemm carinha. Mas aí existem as inspirações da vida que alé de tudo estão em liquidação me esperando...Levei claro!


Meu New Year Eve


Mais figuras randomicas...As primeiras 2 no Ano Novo em KC e as duas últimas aqui, detalhe pro meu primeiro boneco de neve(que na verdade as amigas fizeram e só ajudei nos acessórios e  tirei foto hahaha)



 Me ame Miami!






Duas fotos de neve só para mostrar a vocês que o "bagulho tá sinistro" haha. To amando neve gente. SÉRIO!

Bjos, mandarei notícias sempre que ser!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Neve e Obama!

E nevou em Detroit...meu primeiro contato com a neve foi fantástico. Ah, que lindo é vê aqueles floquinhos caindo gente, e como eles vão magicamente preenchendo tudo, devagar e persistente(quando não é uma nevasca claro) e quando a gente menos percebe já não há mais asfalto, o preto foi coberto por uma camada fofa branca. Sim, ainda acho encantador, mesmo que digam que com 4 meses seguidos de neve odiarei, sim...pode ser. Mas talvez seja uma daquelas coisas que nos intrigam e que não importam quantas vezes aconteçam, acharemos encantador. Assim como é, por exemplo, avião. Posso tá no meu quinto ou sexto voo, sempre acharei espetacular o momento que o avião táo pesado, sai do chão. Quero sempre aplaudir a engenhosidade humana, como aquilo é possível? Não importa quantas explicações técnicas eu veja, aquilo é mágico. Nem me importo se pareço matuta, nunca deixarei de admirar o momento exato que ele levanta voo.
Devaneios a parte, quero mostrar as fotos, o quanto foi mágico, quero compartilhar com vocês. Nesse momento que redijo o texto, não tem nem resquício de neve e, segredo nosso: torço pra que neve!


 Outras coisas surreais aconteceramo, tipo o dia em que eu estive tao próximo a Obama. Gente sério, nem os americanos costumam ficar tão próximo. Pensa só que sorte ele vim visitar Detroit e mais que isso, meu campus logo comigo aqui, eu nem ingresso tinha e arranjaram pra mim. Na foto pode parecer longe mas era bem mais próximo do que eu poderia sonhar um dia. E sim ele é muito carismático. Agora eu entendo porque ele é tão amado!




Contrastes das estações. Gente eu nunca na vida soube o que é isso, lá em Aracaju são só duas: calor do capeta e inverno que é quando chove mas continua quente q abafado!


Neveeee!


Pose daquelas propagandas tipo Iogurteira Toptherm ou Jequiti!


Gente essa toca é do meu  pai, nem achei que seria tão útil. até comprei outra mas só consigo gostar dela!

Me sentindo diva com roupa de frio hahahaha



Sim, eu tava só. E sim , parece filme de terror. CORREEE!

Alguns looks, sabe que eu achei que não ia saber me vestir no frio, e que ia ficafr igual um balão com tanta roupa, e que roupa de neve tem que ser feia porque tem que proteger e pronto? Nem é! Tem sim como ficar legal, mesmo quando faz -21 graus Celsius. As vezes vou em brechó, esse casaco(nem sei o nome)magenta  e essa jaqueta jeans foi de lá, paguei coisa de 4, 5 dolares em cada :)


1-Preciso nem dizer que amo Mario né? Achei muito da hora a caixa de ceral(mas não comprei apesar da vontade)
2- Essa sim eu comprei, a florzinha do mal do Mario, cujo nome é Petey Piranha hahaha. E depois delas virão outros personagens, tipo..O Yoshi!
3- Americanos são mesmo peculiares. Chocolate sabor...BACON! Não experimentei ainda pra dizer se é realmente tenebroso como eu imagino!
4- E os esmaltes gringos que comprei até agora. Não tenho comprado muito, porque estou numa fase que mal lembro de pintar as unhas. A maioria tava em promoção, alguns com 70% de desconto :)


Vendo essas fotos me bate uma tristeza, quebrei meu óculos. O vento daqui de Detroit que literalmente te arrasta, e vocês vejam bem, não sou leve, fez o óculos voar da minha cara metros de distãncia. Chorei, gritei...óculos aqui, assim como qualquer coisa relacionada a saúde, é cara. E era um gasto que eu definitivamente não queria ter. mas tudo acabou bem, já to de óculos novo. Arranjei uma ótica bem barata pros padrões locais, onde a médica era uma grossa, mas sai com os óculos, que não são bonitos como o meu(lágrimas!) mas dá pro gasto!

É isso, to de férias...logo mais to indo pra Kansas City e pra Miami e terão fotos e mais coisas pra contar.  Engraçado como a vida te leva a locais que você nunca sonhou chegar!
Tô feliz!

Beijos e até mais!

sábado, 15 de novembro de 2014

Como estou vivendo um sonho e a novidade do canal



      Sei que ando sumida, perdão! Talvez o tino de blogueira eu tenha perdido. Mas hora ou outra apareço aqui, logo as postagens escassas mas jamais esquecidas são feitas pra você que tira um pedaço do tempo. E, vejam bem, eu sei como o tempo é artigo de luxo na sociedade pós moderna, é para você que este post é feito.
   Como vocês sabem, tô em Detroit. Mas minha linda, maravilhosa e amada Wayne State presenteou os alunos intercambistas brasileiros com uma viagem pra Chicago. E gente, foi lá que vivi mais uma etapa desse sonho todo que está sendo os EUA. Chicago era a cidade que eu mais queria ter conhecido, junto com Nova York e sim...ela é linda! Eu moraria em Chicago facinho hahaha. E tive um dia que pra mim foi um sonho lá. Sabe o tal dia que a ficha caiu? demorou pra minha cair, mas foi lá que vi que tava nos EUA e o quanto percorri até chegar aqui. Em Chicago eu chorei. Chorei muito...mas foram lágrimas de total agradecimento e alegria.

   Eu programei esse post há mais de 1 mes atrás e se eu não postar logo ele nunca sairá...eu queria falar tanta coisa. Mas vai assim mesmo, Quero dizer que estamos na metade de novembro e nevou na quinta, mas eu ainda não tive contato com a neve não. Todas as vezes que nevou eu tava dentro do meu quarto, não quis correr pra ver, terei longos 3, 4 meses aprendendo a conviver com ela. Apenas contemplei, e lembrei do quão inacreditável isso me parecia há uns  meses atrás quando eu estava no Brasil, o quanto era impossível a um ano atrás pensar que eu veria neve na vida. Obrigada por tudo vida...só tenho a agradecer!

Vou deixar vocês com uma enxurrada de fotos!
       
O outono chegou...primeiro outono nos EUA é inesquecível!

Minha universidade é lindaaa!




The Silver Bean- Chicago



















Ah Chicago linda que me deixou apaixonada...


OMG...já ia esquecendo ,coloquei uns vídeos no Youtube. Sim, se vocês querem  ver  minha cara de pastel pagando mico, tem lá também...são poucos ainda mas quem sabe não me animo a fazer mais!